Diga.png

NÃO IGPM

Selo do Movimento.png
Sem-título-1.png

25 SINDICATOS EMPRESARIAIS DO BRASIL ENTRAM COM AÇÃO NO STF, CONTRA A APLICAÇÃO DO IGP-M

O  IGP-M, índice de reajuste dos aluguéis, já acumula 37% nos últimos 12 meses e afeta negativamente milhares de comerciantes e famílias no país, que dependem de locação comercial e residencial

Isso é devastador para os comerciantes e lojas de todos os setores, que veem seus alugueis aumentarem, exponencialmente, e seus lucros minguarem,  principalmente em face às medidas de restrição de funcionamento.

 

Diante desse cenário, 25 Sindicatos Empresárias do país criaram o Movimento Nacional contra a aplicação do IGPM, para busca decisão jurídica favorável à substituição do IGP-M pelo índice IPCA, para que o reajuste dos aluguéis acompanhe, de forma real e coerente, a escala inflacionária do país.

Selo Movimento Negativo.png
 

MOVIMENTO NACIONAL
CONTRA A APLICAÇÃO DO IGP-M

Os Sindicatos Empresariais de todo o país, na defesa de seus representados, comerciantes e empresários de todos os setores, com o apoio do PSD - Partido Social Democrático, contrataram o escritório Souza Neto Advocacia, para ingressarem com os processos junto ao Supremo Tribunal Federal - STF.
 

Homem.png
Sem-título-1.png
Divisor-03.png

NÃO #IGPM
SIM #IPCA

A substituição o IGP-M por um índice mais real, dará às partes do contrato de locação, melhor equilíbrio, possibilitando as empresas em se manterem financeiramente para o exercício de suas atividades.

Ícone mão.png
Diga.png

FAÇA PARTE
DESTA LUTA

Os Sindicatos Empresariais, confiantes na vitória, continuam atuando na defesa de seus representados, para beneficiar a manutenção e o desenvolvimento das atividades econômicas comerciais do país.

 

O IGPM PREJUDICA VOCÊ.
ENTENDA 

stores-closed-5276146_1280.jpg

QUEM É PREJUDICADO?

Locatário residenciais, locatário comerciais (empresários, inclusive os liberais)

 
Sem-título-1.png
Divisor-03.png

APOIE ESTA CAUSA
DIGA NÃO #IGPM

Selo do Movimento.png

Baixe agora o mídia kit, composto por posts para redes sociais, capa de Facebook e release, para imprensa. Divulgue na sua região e nos seus canais.  Faça parte deste movimento e diga #NÃO IGPM.